Resenha: Anna e o Beijo Francês - Stephanie Perkins

Anna Oliphant tem 17 anos e é filha de pais separados. Seu pai é um famoso escritor de livros de romance, os quais ela julga serem péssimos e dramáticos (personagens que sofrem com doenças incuráveis, se apaixonam e não terminam juntos). Mas parece que a maioria das pessoas não compartilha essa opinião, afinal, seu pai entrou para a lista de bestsellers e muitas de suas histórias viraram filme. 
Seu pai decide enviá-la para terminar o último ano escolar em um internato para jovens americanos na França.
Quer dizer, ela vai pra Paris. Que garota não sonharia com isso?! 
Anna não tinha intenção ser ingrata, afinal é Paris, a Cidade Luz, mas ela gostaria ao menos de ter sido consultada sobre o assunto e não separada de seu irmãozinho Sean, de sua melhor amiga Bridge, de seu emprego no cinema e de Toph. 

A primeira pessoa que Anna conhece ao chegar em seu novo colégio- e novo lar- é Meredith, sua vizinha de quarto. Meredith a recebe muito bem, e a apresenta a seu inseparável grupo de amigos: Josh, Rashimi e Étienne St. Clair. 
Os amigos passam por muitas aventuras em Paris! St. Clair apresenta a Cidade Luz à Anna e juntos eles descobrem que possuem muio em comum e que Paris realmente pode ser a cidade mais romântica do mundo!

 "Isto é tudo o que sei sobre a França: Madeline, Amélie e Moulin Rouge. A Torre Eiffel e o Arco do Triunfo também, embora eu não saiba qual a verdadeira função de nenhum dos dois. Napoleão, Maria Antonieta e vários reis chamados Louis. Também não estou certa do que eles fizeram, mas acho que tem alguma coisa a ver com a Revolução Francesa, que tem algo a ver com o Dia da Bastilha. O museu de arte chama-se Louvre, tem o formato de uma pirâmide, e a Mona Lisa vive lá junto com a estátua da mulher sem braços. E tem cafés e bistrôs – ou qualquer nome que eles dão a estes – em cada esquina...
Não é que eu seja ingrata, quero dizer, é Paris. A Cidade Luz!
A cidade mais romântica do mundo."
Anna Oliphant

 Sabe aqueles livros que você deseja que nunca acabem? Bem, "Anna e o Beijo Fracês" é sem dúvida alguma um deles.
Foi um dos melhores livros que li este ano, e indico para qualquer um. 
Apaixonante, o livro retrata a historia de adolescentes, que assim como nós, presenciam inveja, ciúmes, fofocas e muito mais!
Anna, assim como muitas adolescentes, se sente insegura, cheia de "defeitos", e encontra St. Clair, um rapaz lindo, charmoso e 
inteligente. Ele é tudo que qualquer garota já quis.

Apesar de excelente, devo confessar que a diagramação deixou a desejar. Muitas vezes não soube identificar de imediato quem estava falando, e isso me deixava um pouco confusa.
Acho que este é o unico "problema" do livro. No mais vale Super vale a pena conferir!
E este é sem duvida um dos livros que, em minha opinião, deveria virar filme. 

A-D-O-R-E-I!


1 comentários:

  1. Eu tenho vontade de ler esse livro, mas me falta tempo e dinheiro, coisas importantes na nossa economia capitalista...
    Espero telo em mãos em breve...
    A resenha ficou bem legal!
    Beijosss
    Bianca,
    BooK Mania
    http://bookmaniablog.blogspot.com/

    ResponderExcluir