Resenha: Cabeça de vento - Meg Cabot


Emerson Watts odeia seu nome, tem problemas com quase todo mundo na escola e seu melhor amigo parece nem desconfiar de sua paixão por ele. Parece que ela tem problemas? Pois um acidente num shopping aproxima a garota e a famosa modelo Nikki Howard muito mais do que deveria, e é aqui que os problemas começam de verdade. 




Quando eu vi esse livro, a primeira coisa que chamou minha atenção foi a capa... achei liiiinda! 
Depois, eu procurei na internet alguns sites e blogs falando sobre o livro e só vi comentários positivos, então, adivinha, eu comprei... *-*



Desde quando eu comecei a ler, percebi que mais uma vez a diva Meg Cabot nao nos decepcionou. O livro já começa de uma maneira interessante, falando da vida de Emerson Wats, uma garota (apesar do nome, rs) fã de videogames, apaixonada pelo melhor amigo Christopher, muito em boa em matemática e que odeia aquelas meninas metidas, líderes de torcidas, que são apaixonadas por celebridades e essas coisas... resumindo, fúteis.
Para o desespero de Em, sua irmã, Frida, está se tornando uma morta-viva (que é como ela e Chris chamam as tais meninas "fúteis") e quer ir na inauguração de uma loja, onde Gabriel Luna, um cantor teen e super gato estará cantando... Até ai tudo bem, maaaaaaas, a mãe das meninas só deixa Frida ir à inauguração se Em levá-la. 
Chegando lá, Frida entra na fila de autógrafos, desesperada para falar com Gabriel! Afinal, quem não gostaria de ter uma chance de ganhar um autógrafo do astro do momento?! Enquanto estão na fila, a supermodelo e também garota propaganda da loja, Nikki Howard, chega no local, quando um terrível acidente acontece...
Não vou contar mais nada pra não estragar a surpresa, mas o livro é ótimo! Todos devem ler... durante o decorrer da história é impossível não rir com a vida amorosa super agitada de Em!  Vale a pena ler! 




Título Nacional: Cabeça de Vento
Ano de Lançamento: 2010
Número de Páginas: 320 páginas
Editora: Galera Record
Tradutor: Natalie Gerhardt








0 comentários:

Postar um comentário