Resenha: Herói Perdido - Rick Riordan





Personagens novos e conhecidos do Acampamento Meio-Sangue dividem espaço nesse primeiro volume da série Os Heróis do Olimpo. Rick Riordan volta ao universo de Percy Jackson e os Olimpianos com ainda mais aventuras, humor e mistério. 
Depois de salvar o Olimpo do maligno titã Cronos, Percy Jackson e seus amigos trabalharam duro para reconstruir seu mais querido refúgio, o Acampamento Meio-Sangue. É lá que a próxima geração de semideuses terá de se preparar para enfrentar uma nova e aterrorizante profecia.
Os campistas seguirão firmes na inevitável jornada, mas, para sobreviver, precisarão contar com a ajuda de alguns heróis, digamos, um pouco mais experientes - semideuses dos quais todos já ouvimos falar... e muito.


O livro superou todas as minhas expectativas! Nunca pensei que um dia eu fosse dizer isso, mas é ainda melhor que “Percy Jackson e Os Olimpianos”! Já começa de uma forma bem intrigante, despertando seu desejo de continuar a leitura logo de cara!
Rick caprichou ao escrever “O Herói perdido”. Bom, assim que começamos a ler, percebemos que algumas coisas são diferentes do Percy Jackson, como o tamanho (aparência), a narração, que na outra série era feita por Percy, em 1ª pessoa, agora é feita por 3 narradores: Jason, Piper e Léo, narrado em 3ª pessoa e os 3 personagens citados são os principais, com a mesma importância!
O livro tem uma pitada de humor (na maioria das vezes por parte do Léo)... muuuuuuitas descobertas e mistérios envolvendo os personagens. Cada um guarda sua história de vida sem revelar grandes detalhes pros amigos, apenas para os leitores, já que o livro mostra a versão de cada um! Dessa vez tem um herói que nós conhecemos que está desaparecido e uma profecia (muito temida por todos) está no ar!
O terrível inimigo (ou inimiga) dos semideuses dessa vez é outro, bem pior que Cronos e todos, todos mesmo, terão que se juntar para lutar contra esse mal que está ganhando forças...
Pra quem espera contar com a participação de Percy neste volume, eu já vou adiantando que ele não é centro das atenções não (pra falar a verdade, ele é apenas citado na história), mas isso não torna a história menos interessante, pelo contrário...



Título Nacional: O Herói Perdido
Ano de Lançamento: 2011
Número de Páginas: 432 páginas
Editora: Intrínseca
Tradutor: Rodrigo Peixoto

Nota 10 de 10!


0 comentários:

Postar um comentário