Resenha: A Força do Amor - Beijada por um Anjo #2

Li mais um livro da série Beijada por um Anjo! O livro 2: A Força do Amor... segue a resenha:

*SPOILER PRA QUEM AINDA NÃO LEU O BEIJADA POR UM ANJO*



"Sei que o perdi... Tristan está morto. Jamais poderá me abraçar novamente. O amor termina com a morte." Ivy


Quatro semanas se passaram desde o acidente em que Ivy Lyons perdeu Tristan, o grande amor de sua vida, e deixou de acreditar nos anjos. Os dias têm sido difíceis e para superá-los Ivy busca forças na família e nos amigos. Sua grande motivação agora é ensaiar para a apresentação de piano no Festival de Artes de Stonehill, já que Suzanne, sua amiga de infância, pensando em animá-la, fez a inscrição, mesmo contra a sua vontade.

Ainda sem saber lidar com os seus poderes angelicais, Tristan Carruthers conta com a ajuda de Lacey - um anjo mais experiente - para aprender a tocar nas pessoas, canalizar energia e voltar ao passado. Assim, os dois partem na busca por respostas para o acidente, por uma maneira de Ivy sentir Tristan e, principalmente, de mostrá-la que o acidente foi, na verdade, um assassinato. 

Todo esforço de Ivy para superar a perda de Tristan é interrompido por pesadelos que a fazem reviver o dia do acidente e se misturam com fatos do dia do suicídio de Caroline, ex-mulher de Andrew, marido de sua mãe. O temor de Ivy é acalantado nos braços de Gregory, seu irmão adotivo.

Angustiado pelos contínuos pesadelos da amada, Tristan decide que é a hora de fazer contato e segue seu objetivo com a ajuda de Lacey. Mas como aproximar-se de Ivy se ela não mais acreditava em anjos e ele agora era um?

O amor que os une será o canal para Tristan se aproximar de Ivy e alertá-la sobre as pessoas que estão ao seu redor. Será que todos em que ela confia são realmente seus amigos?


Título: A força do Amor - Beijada por um Anjo #2
Autor: Elizabeth Chandler 

Editora: Novo Conceito

Páginas: 256
Avaliação: ♥♥♥♥

 



O livro um termina de um jeito intrigante. Tristan descobre que o acidente que o matou, na verdade, não foi um acidente... Mas por que alguém queria vê-lo morto? Ou pior, e se na verdade o culpado quisesse ver Ivy morta? Qual seria o motivo? E se realmente queriam ver Ivy morta, isso significa que ela ainda corre perigo, certo? 

Tristan está cada vez mais preocupado com Ivy, mas sem saber o que fazer para protegê-la. Ainda mais agora que Ivy não acredita em Anjos... Para tentar se comunicar com ela, ele vai precisar da ajuda de Lacey, um anjo mais experiente.

Cada vez mais os pesadelos que atormentam Ivy desde a morte de Tristan ficam piores. A cada sonho parece que está revivendo o momento da tragédia de uma forma diferente! Aos poucos ela percebe que seu sonho está misturando as duas mortes: a de Tristan e a da mãe de Gregory, Caroline. O que elas teriam em comum?

Todos viram suspeitos nesse livro! Não sabemos mais em quem confiar. Ivy corre riscos, isto está claro, mas Tristan não consegue faze-la voltar com sua crença em anjos, então fica cada vez mais complicado manter contato e mante-la em segurança! 


Esse livro é melhor que o primeiro! Ele envolve mais mistérios e ação que o outro! Ainda assim é um livro super fácil de ler, gostoso... você começa a ler e quando percebe já chegou ao fim! E o final é surpreendente, vou começar o terceiro agora! Estou super curiosa...

Os mesmos probleminhas do primeiro livro permanecem nesse: diálogo  e trocas de cenas continuam confusos. Você está lendo sobre um determinado acontecimento e na próxima linha já está em outro lugar, em outro dia... Mas nada que realmente atrapalhe a leitura! 

Se você já leu o primeiro e gostou, então corre pra ler esse que não vai se arrepender!

0 comentários:

Postar um comentário