Resenha: Silêncio - Becca Fitzpatrick



Nome: Silêncio
Autora: Becca Fitzpatrick
Editora: Intrínseca
Classificação NPL: 5/5




No terceiro livro da série Hush,Hush, após o choque de acordar em um cemitério e descobrir que ficou   esaparecida por semanas, Nora Grey não se lembra de nada que aconteceu nos últimos cinco meses,justamente a época em que o anjo caído Patch entrou em sua vida. Para piorar a situação, a jovem passa a ter visões e é constantemente assombrada pela cor preta. Ao tentar descobrir o que aconteceu consigo durante esse período, pessoas perigosas, com poderes sobrenaturais, cruzam seu caminho. Nora não save mais em que pode confiar, mas um estranho desconhecido, que mexeu bastante com ela, parece ter a chave para solucionar o mistério que a cerca.




Aviso: Contém spoilers dos dois primeiros livros (Resenha dupla AQUI).




Antes de começar a resenha gostaria de pedir desculpas pelo meu 'sumiço'. As provas acabaram semana passada, e estou correndo contra o tempo. Talvez minhas aparições agora não sejam muito frequentes, mas farei o melhor possível. Pronto, já desabafei e já podemos prosseguir com a resenha.

Em “Silêncio” Nora acorda deitada sobre um túmulo no cemitério. Por quase três meses, ela não consegue se lembrar de nada que aconteceu. Nada de Patch, arcanjos, anjos caídos, nefilins, Scott, Hank... Isso faz com que a leitura demore um pouco para engrenar, principalmente para quem esperou muito para acompanhar a sequência da série e não se lembra de alguns eventos de Sussurro e Crescendo. Alguns fatos são relembrados, mas por outro lado, ficou um pouco repetitivo. 

Mesmo com o 'vazio' em sua memória, Nora está muito mais confiante e determinada a descobrir o que aconteceu nos últimos meses. Quem foi seu raptor e porquê ela sente algo tão profundo por Jev, já que ela mal o conhece?

Patch, nosso anjo da guarda está mais irresistível incrível que nunca! Aparece pouco no início do livro - isso foi bem frustrante e me desanimou um pouco, afinal, o que seria dessa série sem o Patch?! - mas ao passar as páginas sua presença é mais forte e marcante. Impossível não suspirar em suas cenas.

A narração é em primeira pessoa, o que deixa nós, leitores tão confusos e 'no escuro' quanto Nora. A frustração da personagem passa a ser a do leitor, principalmente quando nos lembramos dos fatos que Nora não é capaz. O enredo continua no mesmo ritmo de Sussurro, com seus mistérios sendo descobertos depois de muita ação, com um toque mais sombrio e novamente, o leitor estremece junto com Nora sob o olhar sexy de Patch.


Impecável como sempre, Becca Fitzpatrick realmente construiu sua própria mitologia sobre anjos. Com tantas histórias iguais e repetitivas, ela conseguiu se destacar. A autora solidificou seu enredo na ideia bíblica de anjos caídos e nefilins.

Mesmo não gostando muito das séries que envolvem anjos caídos, confesso que sou apaixonada por Hush Hush. Todos os livros da série estão entre os meus favoritos, então nem preciso dizer que super indico né?


0 comentários:

Postar um comentário